Por que temos dificuldade em dizer não?


First slide

Postado em: 11/05/2022



Por Deise Moraes Saluti

 

Nossos históricos dizem muito sobre o tipo de adulto que nos tornamos.

 

Para muitos, lá atrás, já na infância, por muito tempo foi dito “não” para quase tudo. “Não pode fazer isso, não pode fazer aquilo, isso não é pra você, isso não se faz etc.”.

 

A forma como nos posicionamos diante das pessoas hoje, ou até mesmo na criação de um filho, diz muito sobre quem fomos na infância. Já ouviu aquele ditado: “eu farei por meus filhos o que meus pais não fizeram por mim?”. Então, é sobre isso que vamos falar.

 

Essa falsa ideia de que suprimos o outro por amor é, na verdade, que estamos tentando suprir a nossa própria carência.

 

Quando, em nossos relacionamentos, o parceiro descobre que pode ganhar todos os seus “sim” por justamente saber que você não tem coragem de dizer “não”, certamente esse relacionamento é baseado em submissão e medo.

 

Essa submissão está ligada à ideia de que “porque eu sempre vou à outra pessoa que me relaciono, com muito medo de abandono” e, por esse motivo, tento suprir todas as necessidades dela mesmo sendo eu mesma a pessoa prejudicada, só para não sofrer o abandono. E o “medo por acreditar que se disser não, a pessoa não irá aceitar, assim como eu, na minha infância, aceitava como uma criança calada todas as vezes”.

 

Dizer não para os outros é dizer sim para você

 

Acredite, agir sempre por emoção pode e será mais prejudicial em qualquer relacionamento.

 

Filhos e parceiros buscam segurança e a pessoa submissa não é capaz de passar esse efeito, pois é extremamente insegura.

 

Vamos aprender a dizer não, que é dizer sim para você?

 

Vou mostrar 5 dicas de como lidar com suas inseguranças e, assim,  aprender a dizer não:

 

1 - Você não irá perder uma pessoa que te ama por negar algo: afinal, essa pessoa te ama pelo que você é e não pelo que você pode fazer por ela. Se isso acontece, saia desse relacionamento de interesse;

 

2 - Dizer não pode te ajudar a não se comprometer: principalmente com compromissos que você não está pronta (ou pronto) a cumprir. E, diante disso, a pessoa que recebeu o sim irá se isentar de qualquer culpa e você irá se responsabilizar se falhar, concorda?

 

3 - O não que você não tem coragem de dizer, outras pessoas dizem pra você;

 

4 - Diga não sempre que algo não estiver esclarecido: entenda que dizer não só pra agradar é um caminho sem volta;

 

5 - Um “não” de hoje pode ser um “sim” ou um “talvez” amanhã: somente com a segurança de um sim é possível mostrar para a outra pessoa o quanto você a ama e não gostaria de vê-la sofrer com atitudes mal elaboradas.

 

Sabendo se impor, eu te garanto uma coisa, as pessoas vão te respeitar mais, te admirar mais e acreditar que sempre que você toma uma atitude é porque você tem absoluta certeza do que está fazendo. E isso é mostrar que você é uma pessoa segura e madura.

 

Agora sim você pode assumir um novo ciclo em sua vida, o ciclo do “eu digo não porque eu te amo”. Lembre-se de que só dizer sim não é sinal de amor!

 

 

Deise Moraes Saluti é psicóloga (CRP 06/154356) pós-graduada em Neuropsicopedagogia e Psicologia Infantil, além de especializada em atendimento de adolescentes e adultos. Na literatura, é coordenadora editorial do livro “Mulheres Invisíveis” (2021), da Ed. Conquista, sobre violência doméstica contra a mulher. Para saber mais, acesse @dmspsicologia.